segunda-feira, 18 de março de 2013

Pedro Paixão

Apago todas as mensagens. Menos as tuas. Guardo a tua voz em pequenas doses e, dia sim dia não, ouço-as todas de seguida. Sinto-me demasiado incapaz para falar contigo o que quer que seja. Não sei onde estás. Não quero saber. Tenho medo de saber mais do que sei.
Uma dor de cada vez basta.
- Saudades de Nova Iorque

2 comentários:

  1. Eu passo a vida a fazer isto, a guardar aquelas mensagens mais significativas. Tão masoquista que sou..

    ResponderEliminar