quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Uma pequena história

Acordei com uma deliciar sensação de prazer, senti rapidamente o meu corpo desnudo encostado à pele do sofá de cabedal preto. Os meus mamilos endurecidos com uma mistura de frio e excitação. Sentia-me relaxada, molhada, com os músculos tensos de deleite. Senti uma camada volumosa de cabelo nas minhas coxas, e uma língua bem húmida que brincava de contentamento atormentando os meus pequenos lábios. Sentia em cada terminação nervosa dos meus lábios o seu toque mais suave, a forma como a sua boca me beijava e mordiscava tão suavemente que me enchia de tesão. A sua língua acariciava o meu clitóris em movimentos circulares, bem ao de leve, começando a descer cada vez mais, até que me penetrou fazendo-me sentir cheia de um prazer tão selvagem.
Rapidamente a sua língua foi substituída por dois dedos da sua mão direita, que entraram selvaticamente dentro de mim, num movimento frenético, rápido e louco que tanto me satisfaz. A sua boca ocupava-se agora dos meus mamilos, agarrando o meu peito com a mão esquerda acariciando-os e levando-os a sua boca onde os sugava e lambia. Os meus gemidos eram cada vez mais altos. Tinha finalmente acordado com toda a tensão e excitação, sentia-me a enlouquecer de tamanho prazer. Gritei num último folgo de prazer, enquanto sentia o meu corpo a contorcer, abraçada a ela. Atingirá o melhor orgasmo de sempre, e também o melhor acordar.
- Bom dia amor, achei que seria uma boa forma de não só te acordar como te por cheia de fome logo pela manhã..


Fico a espera de comentários =P

5 comentários:

  1. Oube lá!! Tens noção que "desassossegas" as pessoas com essas partilhas?! LOL

    Um excelente acordar, sem dúvida!!

    ResponderEliminar
  2. POC so te falei de uma nova forma de começar o dia =P

    ResponderEliminar