segunda-feira, 28 de setembro de 2015

devil in me


É pertinente como buscas.
Encontras-te nas mais pequenas coisas, no entanto, perdes-te sempre na conclusão. Falas barato sobre uma confiança que dizes possuir. Mas desmoronas-te na primeira questão.
E nesse jogo de interesses baratos, eu sou o teu dealer. Dou-te a próxima cartada, minada como se quer. Levas, sem entender, o bolso vazio no final do jogo.
Tenho um pacto com o diabo. Marcado no meu corpo.



E acredita que fazes parte dele.



Sem comentários:

Enviar um comentário